‘Em todos os círculos reina uma tranquilidade relativa’, relatava imprensa após ascensão de Hitler

Hitler e Hindenburg em Potsdam em março de 1933

Misturado ao choque, à incredulidade e ao medo manifestados após a vitória de Donald Trump nos Estados Unidos, está um certo de desejo de que, vá lá, quem sabe não será tão terrível assim. O wishful thinking se baseia no discurso volátil de Trump, que, após meses de fanfarronices, surpreendeu com um discurso conciliador pós-vitória. Baseia-se também […]

Leia Mais

Enquanto você publica sua foto de criança, 12 de outubro é dia de treta na Espanha

Obra de 1862 de Dióscoro Teófilo Puebla Tolín retrata chegada de Colombo à América. Repare na pouca animação dos índios, à esquerda.

Quem passa o 12 de outubro em um clima ameno de brinquedos, fotos de crianças em redes sociais e eventuais referências a Nossa Senhora Aparecida talvez não conheça o clima conflagrado que a data ganha a alguns milhares de quilômetros daqui. O dia vem a ser, na Espanha, de Festa Nacional –um equivalente ao nosso 7 de […]

Leia Mais

Renúncia de Collor em momento final não impediu julgamento pelo Senado

O presidente afastado Fernando Collor de Mello, posa para foto na biblioteca da Casa da Dinda, em Brasília

Fernando Collor se irritou ao saber que o Senado manteve o julgamento de seu impeachment após ele ter renunciado à Presidência da República. Se Dilma Rousseff foi à Casa se defender, o presidente afastado de 1992 entregou o cargo logo após o início da sessão na esperança de que se livraria ao menos da perda […]

Leia Mais

Aliados comparavam Collor a Nelson Mandela e o imaginavam como vítima da história

Os senadores Ney Maranhão (no banco da frente) e Lucídio Portela chegam na Casa da Dinda, em Brasília

A menos de um mês de Fernando Collor ter seu mandato cassado pelo Senado, seus poucos aliados o comparavam a Nelson Mandela e previam que ele entraria para a história como vítima. A comparação com o líder sul-africano, que passou 27 anos preso e se transformou em herói de seu país, foi feita pelos três […]

Leia Mais

Lula não via chances de Collor voltar e dizia torcer por sucesso de Itamar

O então presidente nacional do PT, Luiz Inácio Lula da Silva, na sede do partido em São Paulo

Então presidente nacional do Partido dos Trabalhadores, Luiz Inácio Lula da Silva dizia torcer pelo sucesso do governo do presidente interino, Itamar Franco, após o afastamento de Fernando Collor. Em outubro de 1992, Lula afirmou à Folha: “Todos nós temos a obrigação de torcer para que o governo Itamar dê certo”. Ele citou “a obrigação […]

Leia Mais

Com dificuldade para bancar advogados, Collor questionou processo no Supremo

Sidney Sanches (à esq.), presidente do STF, recebe a defesa de Collor

Assim como Dilma Rousseff, que recorreu ao Supremo Tribunal Federal contra pontos com que discordava de seu julgamento no Senado, o então presidente afastado, Fernando Collor, também buscou judicializar seu processo de impeachment. Uma das apostas de Collor foi a tentativa de que 29 dos 81 senadores fossem declarados impedidos de julgá-lo. Os alvos eram […]

Leia Mais

Afastado, Collor pensava em reunir aliados em novo partido, o PSOL

Afastado da Presidência em 2 de outubro de 1992, Fernando Collor se manteve em situação análoga à de Dilma Rousseff até 29 de dezembro. Naquele dia, o mesmo em que o Senado iniciou seu julgamento final, o presidente renunciou, em tentativa de suspender o impeachment. O plano foi rechaçado pelos senadores e Collor foi condenado […]

Leia Mais

Alguns episódios que reforçam a sina de agosto, o mês do cachorro louco

Agosto promete, como contei na Folha nesta segunda-feira (1º). O mês que ganhou fama por ser dado a tempestades pode definir o destino de Dilma Rousseff e Eduardo Cunha e reforçar a impressão de que se trata do “mês do cachorro louco”, no qual as coisas mais inacreditáveis acontecem. A história brasileira deu sua contribuição para reforçar […]

Leia Mais

As inacreditáveis histórias do ditador que fez a rainha Vitória riscar a Bolívia do mapa

Em uma América Latina onde é difícil dizer qual caudilho praticou mais desmandos e arbitrariedades, desponta da Bolívia do século 19 um bom candidato a pior déspota do continente. Pouco lembrado fora das fronteiras bolivianas, o general Mariano Melgarejo, que governou o país andino entre 1864 e 1871 (época em que o Brasil era comandado pelo […]

Leia Mais