A História Como Ela Foi

passagens marcantes e curiosidades do Brasil e do mundo

 -

Produzido pelo jornalista Rodrigo Vizeu, blog conta detalhes de episódios do passado, com ângulos diferentes e destaques para aspectos menos conhecidos e mais inusitados.

Perfil completo

Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade

Presidentes brasileiros já chamaram Fidel de mito, tímido, moderado e planejaram derrubá-lo

Michel Temer foi comedido ao comentar a morte de Fidel Castro, chamando o cubano de “homem de convicções”. Um comentário tímido que faz sentido, já que Temer está em campo oposto da esquerda brasileira e latino-americana que, em boa medida, vê um ídolo no líder da Revolução Cubana. Como fez com quase todos, Fidel despertou reações apaixonadas também(…)

‘Em todos os círculos reina uma tranquilidade relativa’, relatava imprensa após ascensão de Hitler

Misturado ao choque, à incredulidade e ao medo manifestados após a vitória de Donald Trump nos Estados Unidos, está um certo de desejo de que, vá lá, quem sabe não será tão terrível assim. O wishful thinking se baseia no discurso volátil de Trump, que, após meses de fanfarronices, surpreendeu com um discurso conciliador pós-vitória. Baseia-se também(…)

Temer confundiu os verdadeiros cavaleiros de Carlos Magno com os lendários do rei Artur

A primeira entrevista de Michel Temer à frente em definitivo da Presidência da República, ao jornal “O Globo”, veio acompanhada de uma gafe. O presidente fez uma confusão e relacionou o imperador Carlos Magno, que existiu, à Távola Redonda, que é lenda. Ao fim da entrevista, relata o diário carioca, Temer olhou para a mesa de seu gabinete, com 12 lugares.(…)

Lula não via chances de Collor voltar e dizia torcer por sucesso de Itamar

Então presidente nacional do Partido dos Trabalhadores, Luiz Inácio Lula da Silva dizia torcer pelo sucesso do governo do presidente interino, Itamar Franco, após o afastamento de Fernando Collor. Em outubro de 1992, Lula afirmou à Folha: “Todos nós temos a obrigação de torcer para que o governo Itamar dê certo”. Ele citou “a obrigação(…)

Com dificuldade para bancar advogados, Collor questionou processo no Supremo

Assim como Dilma Rousseff, que recorreu ao Supremo Tribunal Federal contra pontos com que discordava de seu julgamento no Senado, o então presidente afastado, Fernando Collor, também buscou judicializar seu processo de impeachment. Uma das apostas de Collor foi a tentativa de que 29 dos 81 senadores fossem declarados impedidos de julgá-lo. Os alvos eram(…)

Blogs da Folha